CompararComparando...

SUZANO PAPEL E CELULOSE INICIA NOVO CICLO DO PROJETO DE APICULTURA SUSTENTÁVEL

Lendo Agora
SUZANO PAPEL E CELULOSE INICIA NOVO CICLO DO PROJETO DE APICULTURA SUSTENTÁVEL

Empresa oferecerá curso para formar novos profissionais na área e acompanhamento com consultoria especializada

A Suzano Papel e Celulose, empresa de base florestal e uma das maiores produtoras globais de celulose de eucalipto, está ampliando seu projeto de apicultura sustentável na Bahia. Para isso, a empresa oferecerá, via consultoria da Ecomel Natureza Pura, um curso de formação aberto para as comunidades rurais com disponibilidade de pasto apícola (áreas de Reserva Legal da empresa, cedidas em comodato, para a instalação dos apiários) com o objetivo de formar novos profissionais que tenham interesse em ingressar neste ramo de atividade.

O curso será oferecido em comunidades de Nova Viçosa, na Bahia, e em São Mateus, no Espírito Santo, e terá 76 vagas disponíveis. Com duração de 3 dias, as aulas serão ministradas por profissionais da Ecomel e envolverão teoria e prática. Todos os participantes receberão material de apoio e certificado de conclusão. Para participar, os interessados devem ter a partir de 17 anos e interesse em apicultura. 

Desde sua criação em 2009, o projeto de Apicultura Sustentável envolveu 94 famílias da região sul da Bahia e foi desenvolvido pela Suzano Papel e Celulose com o objetivo de criar uma nova oportunidade de geração de renda para as famílias que viviam da extração ilegal da madeira para a produção de carvão. Nele, os participantes aprendem todas as etapas de manejo dos apiários, instalados em áreas de plantio da Suzano, recebem o aparato necessário para a atividade e se beneficiam financeiramente com a produção de mel e pólen.

Para Mariana Andreatta, coordenadora de Sustentabilidade na unidade de Mucuri da Suzano Papel e Celulose, trata-se de uma iniciativa que promove qualidade de vida das comunidades, pois oferece conhecimento e autonomia para a população. “Nós queremos impulsionar oportunidades que resultem em ganhos compartilhados e que estejam alinhadas com a vocação de cada um dos locais em que atuamos. Ao investir na atividade de apicultura, os moradores ampliam suas rendas e também contribuem com o meio ambiente, já que essa é uma atividade sustentável”, explica.

Além da Bahia, este projeto também é desenvolvido em São Paulo e desde o começo, os esforços destinados à iniciativa resultaram na produção de 13,7 mil quilos de mel, beneficiando cerca de 730 famílias.

Fibria noticias rodape
Qual é a sua impressão?
Amei
67%
Curti
0%
Não Gostei
33%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário