CompararComparando...

Futura organiza encontro de serrarias abastecidas pela CMPC

Lendo Agora
Futura organiza encontro de serrarias abastecidas pela CMPC

16/11/2016 – Ocorreu na quinta-feira dia 27 de outubro na sede da Fábrica de Gaiteiros em Barra do Ribeiro o Encontro de serrarias abastecidas pela CMPC. A iniciativa da CMPC Celulose Riograndense com organização da Futura Feiras objetivou trazer o debate sobre o futuro abastecimento às serrarias que hoje compram toras da empresa. O sócio da Futura, Roque Justen, fez a abertura do Encontro apresentando o programa e destacando a importância da atividade frente aos desafios inerentes ao mercado da madeira.

encontro-serrarias-futura-feiras

O engenheiro florestal Jorge Klein, coordenador Florestal da CMPC, falou sobre a produção de toras da empresa e da necessidade das serrarias locais buscarem novos fornecedores de matéria-prima. Ele destacou que os participantes presentes tem papel importante na consolidação do eucalipto como matéria-prima de serrarias. Mas alertou que a empresa a partir de 2017 deixa de oferecer toras com este fim e que novas opções precisam ser apresentadas.

Na sequência da programação alguns fornecedores que estavam presentes apresentaram os seus negócios, como a Agropecuária Condor, Flosul, Granflor, Pinvest, Tecnoplanta, Terras Verdes e Trevo Florestal. Ricardo Trois, da Condor, detalhou o negócio da empresa com sede em Minas do Leão e que produz eucalipto para serraria com origem em florestas 100% certificadas e manejo exclusivamente para serrarias.

Todos os demais também se apresentaram. A Flosul e a Granflor estavam no encontro principalmente para integração com o mercado. A Pinvest elencou seus plantios em Tapes, Arroio Grande, Canela e, em maior parte, na região catarinense de Lages. A Tecnoplanta cuja formação inicial é a produção de mudas hoje também possui área de produção de toras e investe na olivicultura. A Terras Verdes é a empresa florestal que abastece a Fibraplac em Glorinha. Há alguns anos entrou no mercado de toras e pinus e eucalipto. A Trevo Florestal também tem plantios de pinus e eucalipto.

No intervalo da programação, os participantes puderam conversar em particular uns com os outros e estabelecer networking. Antes do almoço com churrasco também assistiram a uma apresentação musical de alunos da Fábrica de Gaiteiros. Em vídeo conheceram um pouco da história do projeto Fábrica de Gaiteiros idealizado por Renato Borghetti e apoiado pela CMPC. De volta ao auditório, Daniel Andriotti, da área de Relacionamento com a Comunidade da CMPC, deu mais informações do histórico da Fábrica. Segundo ele, mais que a produção de um instrumento com madeira de eucalipto, o projeto estimula a formação musical de crianças em Porto Alegre, Guaíba, Barra do Ribeiro, Bagé e São Gabriel.

No retorno aos debates, a palavra ficou com os representantes das serrarias presentes. Eles discutiram mercado, preço e qualidade do produto. Presente no encontro, o presidente do Sindimadeira, Serafim Gabriel Quissini, saudou a iniciativa do encontro, contou um pouco do seu histórico como empreendedor e destacou o andamento do Projeto de Lei sobre Florestas Plantadas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Seu principal questionamento em favor da aprovação da lei é que hoje o plantio de florestas, uma cultura agrícola de ciclo longo, chega a possuir classificação de alto potencial poluidor. Quissini também refletiu que as atuais barreiras ao setor vão provavelmente ocasionar no futuro um apagão florestal.

encontro-serrarias-futura-feiras-2

O economista mestre em engenharia com ênfase em materiais, Renato Bernardi, especialista em STI no Instituto SENAI de Tecnologia em Madeira e Mobiliário, trouxe para discussão sua apresentação sobre o melhoramento da eficiência produtiva. Por fim, Roque Justen que é contador especializado em atender empresas do setor florestal abordou o enquadramento tributário.

Justen também apresentou e convidou a todos a participarem da 6ª Feira da Floresta nos dias 04,05 e 06 de Abril de 2017, no Expogramado em Gramado, com organização da Futura Feiras e Empreendimentos. Além da Feira, acontecem eventos paralelos como o 2º Simpósio Gaúcho da Madeira. Ainda ocorre o Ciclo de Palestras a Produtores Rurais, o 2º Biomassa Florestal e Energia RS, Espaço Novos Talentos/Oportunidades de Negócios, Espaço Mundo da Madeira, 2º Prêmio Feira da Floresta e reunião da Câmara de Florestas Plantadas do MAPA.

CeluloseOnline

Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário