CompararComparando...

Exportações de papel e celulose puxam alta de 8% nas exportações de janeiro a julho no MS

Lendo Agora
Exportações de papel e celulose puxam alta de 8% nas exportações de janeiro a julho no MS

De janeiro a julho deste ano, Mato Grosso do Sul registrou alta de 8% na receita com exportações de produtos industrializados, se comparado com o mesmo período do ano passado, saltando de US$ 1,50 bilhão para US$ 1,62 bilhão.

De acordo com o levantamento do Radar Industrial da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), os grupos que tiveram a maior receita no período foram celulose e papel, que somou US$ 564,3 milhões, e carnes, com receita de US$ 523,6 milhões.

Na comparação de julho de 2016 com julho de 2017, a receita com a exportação de produtos industriais aumentou em 12%, saindo de US$ 205,01 milhões para US$ 228,80 milhões.

As exportações da indústria representam 59% de toda a receita de exportação do Estado.

Para o presidente da Fiems, Sérgio Longen, os indicadores indicam que a economia do país voltará a crescer. “Nós precisamos ter esperança e quando começamos a garimpar um indicador positivo aqui, outro acolá, temos de comemorar. Passada a instabilidade política enfrentada atualmente pelo Brasil, eu acredito muito que a economia do País voltará aos trilhos do crescimento”, projetou.

Incentivos – Longen avaliou positivamente a convalidação dos incentivos fiscais aprovada pela Assembleia Legislativa. “Essa medida trará mais tranquilidade às indústrias, que passam a ter a segurança jurídica necessária para continuar produzindo”, afirmou.

Fibria noticias rodape
Qual é a sua impressão?
Amei
0%
Curti
100%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário