Expoforest sinalizou aquecimento do mercado florestal

Lendo Agora
Expoforest sinalizou aquecimento do mercado florestal

Da Redação

19/04/2011 – Durante a primeira feira dinâmica da América Latina, a Expoforest 2011, realizada na semana passada, entre 13 a 15 de abril, a Abraf (Associação Brasileira de Produtos de Floresta Plantada), divulgou que os investimentos previstos para o setor nos próximos cinco anos em mudas, fertilizantes, defensivos e outros insumos, para novas áreas de florestas plantadas no país, superam R$ 7 bilhões. A expectativa otimista é resultado de estudos que apontam novas fronteiras surgindo no setor, com aquecimento do Nordeste, por exemplo.

Outro Estado que desponta para o mercado florestal é Tocantins, onde o crescimento ficou na margem de 2,12% nas áreas de florestas plantadas de eucalipto e pinus entre 2005 e 2009. Grandes players já sinalizaram possíveis investimentos na região. O Estado que antes tinha sua economia focada no comércio, na agricultura com produção de arroz, milho, feijão, soja, melancia e na pecuária e em criações, começa a despertar para o avanço florestal. A companhia Suzano Papel e Celulose estuda possibilidade de instalar nova planta industrial no Tocantins.

Na região Sudeste, São Paulo teve um incremento de 26,5% em áreas de florestas plantadas de eucaliptus e pinus, no mesmo período do que o analisado para o Estado de Tocantins. Ainda de acordo com o estudo, a cadeia de base florestal plantada, desde as florestas até as transformações industriais gera atualmente no Brasil cerca de 3,9 milhões de empregos.

Para o coordenador geral da Expoforest, Jorge Roberto Malinovski, o setor de florestas plantadas vive um momento importante para o desenvolvimento da economia brasileira. Durante o evento, ele garantiu que o Brasil tem tecnologia e equipamentos para impulsionar o setor. Na opinião dele, a ideia hoje não é somente plantar e sim entender as necessidades de toda cadeia produtiva. “Quando se fala em florestas é preciso analisar sua matriz e captar o papel de responsabilidade social do setor, que tem gerado uma economia viável”, analisa Malinovski.

A primeira feira dinâmica florestal anunciou que há excelentes perspectivas de negócios para o setor, que devem se configurar ainda neste ano e nos próximos cinco. Um exemplo foi a demonstração de lançamentos que a feira reuniu. “Neste ano, tivemos um volume de máquinas e equipamentos que totalizaram mais de US$ 100 mil, a maioria trazidos da Espanha, Áustria, Alemanha e EUA”, comenta Jorge R. Malinovski.

Para o organizador da Expoforest, o crescente número de participantes na feira é um resultado imediato do crescimento do setor. Ele analisa que a participação dos expositores em contato direto com seu público alvo permite um potencial de  oportunidades, que são alavancadas pela visibilidade de produtos e serviços. “A feira já se consolidou como uma vitrine propícia a bons negócios”, diz Malinovski.

O gerente comercial para a América Latina da John Deere, Roberto Torres Marques, acredita que o novo formato da feira, com espaço para toda cadeia, foi desencadeante do número crescente de participantes, que neste ano ficou na média de 9 mil, cerca de 5 mil visitantes a mais do que na edição anterior. “O fato do evento ter tido demonstrações dinâmicas, permitiu aos clientes comprovar in loco as características e as vantagens operacionais das máquinas”. Isso, garante ele, que ajuda o cliente a definir os modelos de máquinas necessárias para sua operação e possivelmente a concretização de novos negócios.

A empresa Canadense Denis Cimaf, especializada no desenvolvimento de desbastadeiras industriais de alta performance, também vê com bons olhos a nova performance do mercado brasileiro. Para o responsável pelo desenvolvimento de mercado da empresa na América Latina, Anik Tremblay, feiras como a Expoforest, movimentam o mercado e geram negócios. “Já tínhamos constatado isso na edição anterior, em 2008, quando fechamos as nossas primeiras vendas no Brasil”, conclui.

Celulose Online

 

Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário