Empresas do setor de celulose e papel economizam R$ 10,8 milhões

Lendo Agora
Empresas do setor de celulose e papel economizam R$ 10,8 milhões

O AIP – Programa de Gerenciamento de Ativos ou programa de suporte técnico, desenvolvido pela NSK Brasil, gerou uma grande economia para as empresas do setor de celulose e papel. De março de 2013 a março de 2017, a metodologia conseguiu uma redução de custos de R$ 10,8 milhões em 24 empresas do segmento. No total neste período, foram 112 projetos realizados. O maior objetivo do AIP nas empresas do setor foi o de obter a máxima performance dos rolamentos e eliminar as paradas de máquinas.

Dentre os destaques do programa foi a inspeção dos rolos de prensas das máquinas de papel de uma empresa para evitar que fossem trocados, estendendo o período de uso dos equipamentos, baixando os custos de R$ 112 mil para R$ 21 mil, uma economia de 81% durante quatro anos de aplicação.

Outro sucesso foi na inspeção de dois grandes rolamentos aplicados no Rolo Pick Up da máquina de celulose de uma grande companhia, também com o objetivo de aumentar a vida útil dos equipamentos. Neste caso, a redução de custo foi de R$ 321 mil.

O AIP também conseguiu reduzir o custo de R$ 294 mil para R$ 30 mil, ou seja, 90% de economia, durante a inspeção da parada geral de máquinas de uma companhia do setor. Além desse valor, a equipe de Engenharia da NSK Brasil conseguiu aumentar a vida útil dos rolamentos, passando de 8.760 horas para 17.520 horas.

Em outra ocasião, o programa detectou falha numa das peneiras classificadoras de cavacos de madeiras que iria ser trocada. Essa inspeção gerou uma economia de R$ 371 mil para a companhia, que ainda teria o custo da recolocação do equipamento em operação.

Outra manutenção foi realizada durante a parada geral de uma empresa no interior de São Paulo. O cliente obteve uma redução de custo de R$ 875 mil, com o acompanhamento e manutenção dos rolamentos.

Já numa grande fabricante de papel especial, o programa conseguiu detectar o problema de uma falha prematura em um rolamento aplicado no rolo de prensa, que ficou mais de oito horas em manutenção. Além da troca do rolamento também houve a inspeção dos componentes de lubrificação, que levou a uma economia de R$ 276 mil em um ano de funcionamento.

Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário