CompararComparando...

Resultados da indústria florestal em 2016

Lendo Agora
Resultados da indústria florestal em 2016

Na edição de janeiro de 2017 do Cenários Ibá, boletim mensal da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), estão os dados comparativos de 2015 e 2016 do setor brasileiro de árvores plantadas. Os dados são paracelulose, painéis de madeira e papel – produção, vendas domésticas, exportações e importações.

Confira a seguir alguns indicadores referentes ao ano de 2016, no final da postagem estão os gráficos relacionados aos resultados:

A Balança Comercial do setor registrou saldo positivo de US$ 6,6 bilhões (+2,4%).

O volume de exportações cresceu em 2016. Neste período o resultado alcançado foi de 12,9 milhões de toneladas de celulose (+12%); 2,1 milhões de toneladas de papel; e 1 milhão de m3 (+64%) de painéis de madeira.

Receita de Exportação – Em 2016, o setor registrou exportações no valor de US$ 7,6 bilhões (-1,6%); acelulose alcançou 5,5 bilhões (-0,5%), o papel US$ 1,8 bilhão (-7,4%) e os painéis de madeira US$ 250 milhões (+28,2%). O saldo da balança comercial do setor de janeiro a dezembro de 2016 é de US$ 6,6 bilhões, o que corresponde a um crescimento de 2,4% em relação ao saldo.

Destino das Exportações – O mercado chinês se consolidou no ano como o principal destino das exportações decelulose, atingindo 38,9% de participação (US$ 2,1 bilhões), seguido pela Europa com 33,1% (US$ 1,8 bilhão). A América Latina foi o principal mercado consumidor dos segmentos de papel e painéis de madeira, cujas exportações para a região representaram 60,6% (US$ 1,1 bilhão) e 54,4% (US$ 136 milhões), respectivamente.

Produção – A produção brasileira de celulose atingiu 18,7 milhões de toneladas (+8,1%) no ano passado; e a de papel manteve-se estável totalizando 10,3 milhões de toneladas.

Vendas Domésticas – As vendas de papel no mercado interno superaram 5,4 milhões de toneladas (-0,3%) em 2016; enquanto o segmento de painéis de madeira registrou mais de 6,2 milhões de m³ negociados (-2,1%).

Perspectivas 2017 – “Este ano exigirá das indústrias do setor de árvores plantadas um grande esforço para recuperar a queda nos preços da exportação e garantir um crescimento real de receita. O Banco Central já vem trabalhando para que a inflação fique dentro do centro da meta, porém é fundamental que concretizar outras reformas para que vejamos ainda este ano a recuperação sustentável da economia brasileira”, afirmaElizabeth de Carvalhaes, presidente executiva da Ibá. “Nesta conjuntura, o setor florestal pode ter grande destaque, pois vive a expectativa que o Brasil salte do 4º para o 2º lugar em produção mundial de celulose já nos primeiros meses de 2017, ultrapassando o Canadá e a China. Esta conquista aumentará, ainda mais, a visibilidade do setor brasileiro no mercado mundial, agregando valor e reputação, além de potencializar o comércio e os investimentos”, conclui Elizabeth.

Qual é a sua impressão?
Amei
100%
Curti
0%
Não Gostei
0%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário