CompararComparando...

Com capacidade 50% maior, Fibria constroi caminhão que vale por cinco

Lendo Agora
Com capacidade 50% maior, Fibria constroi caminhão que vale por cinco

Prestes a inaugurar a duplicação de sua fábrica em Três Lagoas – distante 338 km de Campo Grande, a empresa tinha um gargalo logístico de transporte de eucalipto a resolver. E resolveu construindo um pentatrem, caminhão capaz de transportar cinco vezes mais toras de árvores do que os comuns.

O projeto foi feito sob medida por funcionários da Fibria para resolver um problema específico de Três Lagoas: levar eucalipto da floresta para a fábrica de forma rápida e eficiente, sem precisar utilizar as rodovias estaduais. Após vários estudos a ideia saiu do papel e trafega por estradas vicinais desde o dia 1° de julho.

O pentatrem tem capacidade para transportar 100m³ de madeira, 50% a mais que um caminhão normal com três composições. As vantagens não se restringem ao volume de cargas, mas também englobam sustentabilidade, riscos, consumo de combustível e tempo.

O gerente-geral de operações florestais da em MS, Tomás Balistiero, explica que o projeto é exclusivo da unidade de Três Lagoas da Fibria, devido a sua característica de ter florestas no entorno da fábrica e elenca vantagens.

“Os benefícios além de reduzir os impactos da rodovia e riscos, nós conseguimos levar mais volume e ainda tem a questão ambiental na redução do consumo de diesel”, afirma.

Basicamente, o pentatrem vai das florestas até a fabrica, trafegando em estradas vicinais. Para interligar as duas pontas e otimizar o trânsito, a Fibria inaugurou recentemente um túnel off-road com quatro metros de largura, seis de profundidade e 22 metros de extensão.

Balistiero afirma que com o túnel e o pentatrem é possível reduzir em 30% o tráfego de caminhões que transportam madeira pelas rodovias BR-158 e BR-262. Até o fim do ano a empresa quer ter 20 caminhões pentatrem na ativa e pode ampliar o número para 30 em 2018.

As estradas foram adaptadas para esse transporte e os profissionais capacitados para operar um caminhão desse tamanho. Uma formação específica foi feita dentro da Fibria para que motoristas estivessem prontos para carretas de alta capacidade.

A Fibria inaugura em setembro sua segunda planta de produção em Três Lagoas, que terá capacidade para 1,95 milhão de toneladas de celulose por ano. Somada à atual, já em operação, a unidade de Três Lagoas chegará a uma capacidade total de 3,25 milhões de toneladas/ano.

Fibria noticias rodape
Qual é a sua impressão?
Amei
4%
Curti
87%
Não Gostei
9%
Sobre o Autor
Celulose Online
Celulose Online
Comentários
Deixe um Comentário

Deixe um Comentário